Para difundir informação das ações como a manifesta na manhã de hoje, liderada por representantes dos comerciantes é de suma importância ressaltar os dispositivos legais embasados pela LEI No 5.250, DE 9 DE FEVEREIRO DE 1967, que em seu Art. . 2º permite iniciativas midiáticas e de cunho protestante.

A importância da comunicação é de alta relevância quando implica o índice de desenvolvimento humano (IDH), e em seu aspecto mais específico a economia empregatícia do município, saúde e renda são consubstanciados intrinsecamente, possuem prioridades similares tangente ao crescimento socioeconômico.

No linear do Lockdown a saúde é prioridade sim, contudo não torna os setor empresarial menos importante, haja vista, que as estratégias de isolamento não são tolamente eficazes contra o COVID-19, corroboram os estudos de; (VALENTINE GRAZIELLA, 2020), (AGRELA LUCAS, 2020).

Camaçari sofre não somente colateralidade pandêmica viral, o município enfrenta também ingerência executiva e negligência fiscal, em diversos setores.

A primeira é caracterizada por uma inarticulada manutenção dos empregos locais, justificados sem elementos de convicções clínico-científicos, possui caráter profilático. A segunda reflexão e não menos importante cabe ao corpo legislativo fiscal, que tem deixado a desejar nas atribuições que foram conferidas pelo povo, inclusive essas pessoas são as mesma que os elegeram.

Cabe aqui deixar espaço em aberto e permitir que todos se expressem em todas a suas acepções, e você, o que acha? Deixe sua opinião; o lockdown é ou não é eficaz. Por quê?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário
Digite seu endereço de e-mail aqui